Opportunity - Acesso à Fertilização Humana - Fertivitro




O Tratamento


GUIA DO PACIENTE

DIAGNOSTICANDO O PROBLEMA DE INFERTILIDADE


Análise do Sêmen

Análise do Sêmen

Uma amostra do sêmen é obtida, em um recipiente de coleta estéril, e é levada ao laboratório (Figura ao lado). Os melhores resultados são alcançados após 2 a 5 dias de abstinência sexual, e a amostra chega ao laboratório, no máximo, 30 minutos depois da ejaculação. Em seguida, a amostra é avaliada em termos de volume, número de espermatozóides, motilidade e morfologia (forma). Embora os valores normais variem entre os laboratórios, a Organização Mundial de Saúde (OMS) sugere uma contagem de, pelo menos, 20 milhões/ml, a motilidade direcional igual ou superior de 50%, e a presença de, no mínimo, 30% de espermatozóides ovais. Esse é o principal teste para detectar a infertilidade masculina.

Histerossalpingografia (HSG)

Histerossalpingografia (HSG)

É um exame de raio-X em que um contraste é injetado, por meio do colo dentro do útero e das tubas uterinas, enquanto o médico observa todo o procedimento em uma tela de vídeo (Figura ao lado). Deve ser realizado em algum momento entre o final do período menstrual e a ovulação.

Em algumas pacientes, especificamente aquelas com tubas uterinas bloqueadas, pode ser um tanto desconfortável. É útil determinar se as tubas estão abertas e se a cavidade do útero tem um formato normal.

Ultrassom Transvaginal (USTV)

Ultrassom Transvaginal (USTV)

Um transdutor é inserido na vagina, que permite a observação do útero (Figura ao lado) e dos ovários, por meio de um monitor. Esse exame é usado para procurar anormalidades uterinas e cistos ovarianos, e para acompanhar pacientes que utilizam medicações para tratamento de fertilidade e gestações em estágios iniciais.

Dosagens Hormonais

Hormônio Folículo Estimulante (FSH), Hormônio Luteinizante (LH) e Hormônio Estradiol (E2).

A amostra de sangue é retirada, o mais próximo possível, no 3º dia do ciclo menstrual. O FSH e o LH são hormônios produzidos pela glândula hipófise, cujos níveis se relacionam com o funcionamento ovariano, aumentando conforme a menopausa se aproxima.

O Estradiol, por sua vez, é a resposta do ovário ao estímulo do FSH e LH.

Dosagem da Progesterona

É um exame de sangue realizado, aproximadamente, uma semana antes do início do período menstrual, já que, em um ciclo normal, está é a fase de pico dos níveis de progesterona. Um bom nível de progesterona confirma a ovulação. Esse exame pode ser usado para monitorar as pacientes que utilizam medicamentos para tratamento da fertilidade.

Dosagem da Prolactina

Solicitada, na maioria das vezes, junto à Progesterona. A elevação da Prolactina pode representar distúrbios na ovulação e implantação (fase em que o pré-embrião fixa-se no útero).


OPPORTUNITY - Acesso à reprodução humana

0800-LIG FERT (0800-544 3378)

desenvolvido por:

Cultivare Design